Curso Grátis de Primeiros Socorros em → Morro da Fumaça

Curso de primeiros socorros

O curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça é uma excelente oportunidade para quem gosta dessa área da saúde e de ajudar a salvar vidas. Decerto, é uma grande oportunidade da qual você procura. Neste artigo, nós iremos lhe apresentar o passo a passo de como seguir nessa área.

O que é?

Este curso tem o objetivo de desenvolver conhecimentos e habilidades para prestar os primeiros socorros as vítimas de acidentes ou pessoas que necessitem de socorros imediatos, enquanto aguarda o atendimento médico.

Além disso, fazer se qualificar nessa área, além de ser uma grande aquisição, permite você a ser reconhecido no trabalho.

Geralmente os primeiros socorros estão em todos os lugares do mundo, então a sua probabilidade de contratação será multiplicada. Muitas pessoas ultimamente estão se qualificando nessa área, há uma grande demanda de empresas conhecidas no mercado que oferece esse curso. Sendo assim, esse curso é uma ótima alternativa para essas pessoas.

Onde fazer

A facilidade dos cursos, hoje em dia, tornou tudo mais fácil e simples, com o avanço da tecnologia as empresas apresentam várias formas de se profissionalizar. Nesse aspecto, há umas grandes quantidades de cursos que podem ser realizados. Isso é um ponto positivo, porque dará mais tempo para você decidir em qual carreira seguir.

Curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça pode ser uma grande oportunidade para quem deseja entrar nesse mundo de empregos de maneira eficiente e rápida. Desse modo, caso você tenha uma certa urgência, saiba que essa carreira muito procurada, e o período de adaptação é bem curto. Assim sendo, você precisará somente ser qualificado para realizar os serviços.

O nosso Curso De Primeiros Socorros Online é Grátis e conta com *Certificado opcional válido em todo Brasil. O Certificado de Curso De Primeiros Socorros Online, do nosso portal é válido conforme (lei número 9.394) e pode ser usado para: Horas extracurriculares. Lembrando que também trabalhamos com o presencial.

Não existe pessoa errada ou certa. Existe alguém que apareceu na sua vida, quando você não esperava.

-Pequena Sereia

Qualquer pessoa que tiver interesse, independentemente da sua formação ou área de atuação, pode fazer um curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça. Afinal, ninguém sabe quando presenciará um acidente com um familiar, amigo, colega de trabalho ou até mesmo desconhecido e precisará oferecer ajuda.

Tem certas pessoas, que apenas com simples troca de olhares, ficam marcadas em nossa vida, para sempre.

-Rahvok

Curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça

Os primeiros socorros são todas aas medidas que devem ser tomadas de imediato para evitar agravamento do estado de saúde ou da lesão antes do atendimento médico. Ao presenciar um acidente, antes de iniciar o atendimento é necessário verificar se o local é seguro para o socorrista e para o acidentado.

O curso é estruturado para atender às necessidades de uma variedade de pessoas, desde indivíduos que desejam aprender primeiros socorros para uso próprio até aqueles que precisam de treinamento ou certificação para trabalhar.

Os alunos aprenderão como tratar uma variedade de lesões e condições médicas e desenvolverão habilidades que podem ser aplicadas em vários contextos. Este curso cobre alguns dos aspectos mais importantes dos primeiros socorros, incluindo como lidar com ferimentos, procedimentos de RCP, emergências com sangramento, e como agir em uma situação de emergência.

O que é o curso de primeiros socorros? O curso engloba práticas e procedimentos que transmitem conhecimentos básicos de primeiros socorros em casos de emergência, engasgos de crianças, acidentes domésticos, atropelamentos. Entre outras situações. Enquanto se espera o atendimento dos profissionais de socorro médico.

É melhor fazer tudo em cima da hora, do que fazer tudo em cima do laço.

-abraatiko

Curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça: história e tendências

Que tal saber um pouco mais sobre a história e as tendências desse mercado? Nos próximos blocos, você vai entender mais sobre e os aspectos que acompanham o desenvolvimento dessa profissão.

História dos primeiros socorros

Os procedimentos adotados nos primeiros socorros surgiram com o suíço Jean Henry Dunant, no ano de 1859, projeto apoiado pelo imperador francês Napoleão III, e tinha o intuito de instruir pessoas das comunidades locais, principalmente aquelas que viviam em estado de guerra.

No Brasil, o SAMU teve início através de um acordo bilateral, assinado entre o Brasil e a França, através de uma solicitação do Ministério da Saúde, o qual optou pelo modelo francês de atendimento, em que as viaturas de suporte avançado possuem obrigatoriamente a presença do médico, diferentemente dos moldes americanos em que as atividades de resgate são exercidas primariamente por profissionais paramédicos (profissional este não existente no Brasil).

Em São Paulo, a preocupação com a melhoria do atendimento pré-hospitalar teve início na década de 80, sendo que, em 1988, foi criado, após longo período de estudos e pesquisas.

O Projeto Resgate ou SAMU (Serviço de Atendimento Móvel às Urgências), chefiado por um capitão médico, baseado no modelo francês, mas com influências do sistema americano, particularmente no que diz respeito à formação dos profissionais, e adaptado à realidade local.

Este sistema implantado estava, inicialmente, vinculado ao Corpo de Bombeiros, ficando, no quartel, um médico da Secretaria da Saúde do Estado. Que regulava as solicitações de atendimento a vítimas de acidentes em vias públicas.

Solicitações estas feitas através da linha 193, a qual possuía uma interligação com o sistema 192 da Secretaria da Saúde (Central de Solicitações de Ambulâncias). Este sistema ainda persiste com pequenas modificações.

No interior.

Fica distante da cidade
mas isso não entristece
importante é a felicidade
dada pra quem merece
e eu amo a simplicidade
que o interior me oferece.

-Guibson Medeiros

História desse curso

Nos últimos dez anos, vem se sentindo a necessidade de melhoria e expansão do sistema de atendimento pré-hospitalar, realidade está percebida pelos gestores da política de Saúde Pública dos estados.

Várias cidades já contam com o SAMU ou estão em fase de implantação do mesmo, incluindo Porto Alegre, Recife, Curitiba, Araraquara, Marília, Fortaleza, Belo Horizonte, Campinas, dentre outras. Cada localidade possui um sistema próprio, o que deixa claro que não há sistemas perfeitos.

⁠Não é porque alguns pensamentos escapem de nossa consciência, que podemos pensar que eles não existam mais. Assim como o movimento das ondas — eles podem nos surpreender com sua força.

-autor

Qual a validade do Curso de Primeiros Socorros? Ambas as categorias do curso têm validade indeterminada, porém é recomendável uma reciclagem de 2 em 2 anos.

Ter uma empresa que ofereça a estrutura é muito importante para o cenário competitivo em que vivemos. Por isso o Senac, Sesc, entre outros, conta com uma moderna infraestrutura educacional. É possível encontrar variedades de cursos profissionalizantes.

Dentro de todo otimismo existe uma certa convicção. Vivamos mais nossas certezas e menos nossas dúvidas que nos são traidoras.

-Leandro M. Cortes

Mercado de trabalho, notícias, eventos

Ao se profissionalizar, o Socorrista pode atuar em setores de saúde e prestação de serviço como em hospitais, centros de saúde, urgências e emergências, órgãos governamentais mediante concurso público, ambulâncias e equipes do Samu e outros.

Todas as empresas, públicas e privadas, independente do ramo de atuação devem realizar o treinamento de primeiros socorros, certificando como socorrista pelo menos um dos seus colaboradores.

“O segredo da vida é viver, e viver é um segredo da existência.”

-AISLAN DLANO

Onde dá para trabalhar

O mercado de trabalho é promissor.

Como já foi mostrado, o socorrista poderá trabalhar em setores de saúde e prestação de serviço como em hospitais, centros de saúde, urgências e emergências, órgãos governamentais mediante concurso público, ambulâncias e equipes do Samu e outros.

  1. Atendimentos de pronto-socorro;
  2. Hospitais que presta atendimento de urgência e emergência;
  3. Serviços móveis de urgência e emergência;
  4. Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel;
  5. Atividade médica ambulatorial;
  6. Serviços de Engenharia.

“” Quem tem luz própria sempre pode iluminar o caminho de quem está na escuridão…””

-Oscar de Jesus Klemz

Curiosidades, dicas, aspectos gerais

Todos os cursos tem aspectos que devem ser levados em consideração antes mesmo da matrícula. Por isso, saiba mais sobre outras etapas desse mercado.

Quem pode contratar?

Várias indústrias podem ter socorristas em suas empresas.

A profissão de socorrista é essencial, tem a função de salvar vidas, e por isso sempre há vagas. Não há dúvidas que seguir carreira nessa área é uma ótima escolha, mas devido à responsabilidade que exige, é preciso um preparo intenso.

De início, você precisa ter em mente que ter um socorrista não é apenas uma questão de luxo, mas de cuidado e segurança. Ao mesmo tempo, se trata de uma lei, que prevê que todas as empresas precisam ter uma pessoa capacitada para prestar esse tipo de socorro. De acordo com a norma regulamentadora N°7.

Mesmo sem uma formação na área de saúde, qualquer colaborador de uma empresa pode vir a se tornar um socorrista, desde que esteja preparado e saiba o que precisa ser feito. Além disso, você vai precisar ter em mãos um kit básico para prestar atendimento.

O que me salva todos os dias
entre o nascer e o pôr do sol.
É esta fé na vida,
bordada de esperança,
na retina da alma.

Vera Queiroz

-Vera Queiroz

Salário médio

No cargo de Socorrista se inicia ganhando R$ 1.213,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 2.108,00. A média salarial para Socorrista no Brasil é de R$ 1.492,00. A formação mais comum é de Graduação em Enfermagem.

Equipamentos de trabalho, uniformes

Antecipadamente, a segurança no trabalho tem o objetivo de preservar a vida dos funcionários e até melhorar sua qualidade de vida evitando possíveis agravamentos em casos de acidentes. Porém, mesmo mantendo ambientes seguros, com todo cuidado e cautela, ninguém está imune de sofrer acidentes.

Mem todo sucesso é agregado ao barulho, alguns serão simplesmente no seu silêncio.

-Carla Dendasck

Por esse motivo é imprescindível contar com equipamentos de primeiros socorros para resgates e emergências sempre à disposição. Alguns dos equipamentos de primeiros socorros que devem conter no Kit Cepa são: óculos de proteção, colar cervical, luvas tipo cirúrgica, máscara de proteção facial, pinça, tesoura, termômetro.

Os materiais para curativos são: algodão hidrófilo, gaze esterilizada, esparadrapo, ataduras de crepe, caixa de curativo adesivo, solução de iodo, solução de time rol, água oxigenada, álcool 70%, água boricada entre outros.

Devemos lembrar que os equipamentos de primeiros socorros não devem conter remédios. Medicar ou não, fica a critério do médico responsável.  O atendimento deve ser somente para primeiros socorros e caso não haja um médico no local e o acidentado precisar de medicação o ideal é leva-lo ao hospital ou um pronto atendimento.

A vida ensina coisas que não ensinam na escola.

-Maedson Lima

Curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça

Quando acontece algum acidente, ele presta os primeiros socorros de urgência nos feridos. Acima de tudo, este profissional atua no atendimento pré-hospitalar das vítimas e garante o transporte seguro até o hospital ou centro de saúde.

O procedimento salva muitas vidas, já que pode estabilizar o quadro até que o paciente possa receber o tratamento e procedimentos invasivos adequados com outros recursos médicos.

Quando não dispuser de liberdade plena para externar seu ponto de vista, opte pelo silêncio. É bem mais honrado do que você ter que ir de encontro ao que realmente acredita.

-Ismar Viana

Poucas pessoas se interessem pelo tema, mas um curso de primeiros socorros pode ajudar muito em algum momento inesperado da vida. Afinal, saber dar o atendimento inicial à vítima de algum acidente pode ser essencial para salvá-la.

Qualquer um pode colaborar para amenizar os sintomas e reduzir os riscos aos quais um acidentado está exposto. Contudo, devido à insegurança, despreparo, inexperiência e por não saberem como agir, muitos deixam de ajudar quem precisa

À primeira vista, a cena do acidente deve ser averiguada para evitar que a pessoa se machuque ainda mais. Entre outros objetivos estão:

  • identificar situações que ponham a vida em risco;
  • controlar focos de sangramento;
  • aplicar as técnicas adequadas de atendimento, se for preciso;
  • reduzir o risco de outras lesões e complicações, e impedir focos de infecções;
  • acalmar a vítima e deixá-la o mais confortável possível;
  • tratar de outras condições que coloquem a vida em risco.

Minha visão de oração para os melhores!

Espero que as dúvidas façam parte de sua vida, que os amores não se fixem, mas o amor sim, que vida seja justa e não fácil.
E que os melhores façam parte de nossa vida.

Ps. Que sua segunda seja reflexo do que escolheu e co quem escolheu.

-Professor Glauco Marques

Perfil de quem deseja trabalhar nessa área

Se você trabalha dentro de uma empresa que está procurando candidatos, é possível que a seleção seja feita através de atividades extras que já fez ou características pessoais.

Portanto, o comum é escolher aqueles funcionários mais calmos, que fizeram algum tipo de trabalho de campo semelhante ou que apresente uma postura mais estável.

E quer saber? Hoje qualquer falha será admitida e perdoada. Hoje é dia de se ter alegria na vida!#SextaFeira!

-Fernanda Magalhães

Entretanto, essa escolha também pode depender do tipo de local no qual você trabalha, já que isso impacta no tipo de acidente que pode acontecer. Por exemplo, para ser socorrista em uma siderúrgica, você vai precisar de mais “sangue frio” do que para atuar em um escritório, devido aos principais riscos possíveis. Desde que esteja preparado e saiba o que precisa ser feito.

Os registros da vida quando guardados nos trazem segurança.

-Joao Carlos

Curso de primeiros socorros em Morro da Fumaça: conclusão

Todo indivíduo deve ter um compromisso ético com a vida de outra pessoa e, de acordo com as suas possibilidades, conceder auxílio para quem precisa. Trata-se de um ato de solidariedade. Porém, não basta ter boa vontade; é preciso ter conhecimento técnico, já que qualquer ação realizada de forma errada pode agravar ainda mais o estado do acidentado.

⁠Vi ela a sorrir de alegria e felicidade, mas eu tinha uma notícia que faria ela não rir por anos. Dou a notícia?

-chindole

Dessa forma, fica evidente a importância do curso de primeiros socorros. Sendo Assim, ele oferece todo conhecimento necessário para quem deseja prestar auxílio em casos de urgência, além de ser um diferencial na qualificação de quem procura por novas oportunidades de trabalho.

Essa formação possibilita que o profissional consiga conhecimentos para aplicação em muitas áreas desde a área da saúde, segurança do trabalho até mesmo em empresas de outros ramos. Por tanto, é possível exercer atividades tanto no setor público quanto no privado. Qualquer pessoa que tenha interesse em prestar auxílio às vítimas de um acidente em casa, no trabalho ou na rua pode fazer o curso.